Share |

Por uma perspetiva de género na auditoria cidadã à dívida pública

A Campanha Feminista Anti-Austeritária, da Marcha Mundial das Mulheres, apresentou o documento «Pela inclusão de uma perspetiva de género na auditoria cidadã à dívida pública» no I Encontro Nacional da IAC, a 19 de janeiro.

O texto afirma que a crise afeta as mulheres de forma mais gravosa e diferente dos homens e propõe a inclusão desta perspetiva na auditoria que a IAC está a realizar.

Notícia em detalhe e acesso ao documento: http://mulherescontraausteridade.blogs.sapo.pt/6864.html