Share |

Sessão de Formação no CIDAC, Dia 5 de Maio de 2012

Por solicitação do Movimento da Democracia Participativa, realizámos no CIDAC uma jornada de formação das 10.00 às 19.00h, para vinte e seis pessoas inscritas com antecedência. Os presentes, incluindo organizadores e convidados a apresentar temas,  foram trinta e dois.

A sessão abriu com uma pequena intervenção de Eduardo Pereira, membro da IAC e do Movimento de Democracia Participativa.

Intervieram pela IAC:

  • João Camargo – Auditorias noutros países a que se seguiu a projecção do filme A Catastroika
  • António Romão – Crise atual
  • J. M. Castro Caldas – O que é a dívida
  • Sara Rocha – Casos específicos da dívida portuguesa
  • Guilherme da Fonseca Statter – Ratoeira da dívida
  • Martins Guerreiro – O papel dos cidadãos

Seguiu-se um vivo debate.

O encerramento esteve a cargo de Luísa Teotónio Pereira.

Os formandos fizeram uma avaliação do nosso trabalho, para o que foram distribuídos previamente módulos de avaliação elaborados para o efeito por Luísa T. Pereira. Além dos intervenientes, também Ana Benavente, da IAC, esteve presente na parte da manhã.

Os temas foram tratados numa abordagem e com a profundidade conveniente para este tipo de sessão. Cada formando fez uma avaliação  especifica da acção; ressaltou desta avaliação, das perguntas formuladas durante as várias apresentações e do debate final a qualidade das apresentações feitas e o interesse pelo filme projectado.

Foi claro o reconhecimento por parte dos participantes de que tinham melhorado os seus conhecimentos sobre as questões da dívida portuguesa e do trabalho meritório da IAC.

Do debate final foram recolhidas ideias e sugestões quanto à participação futura nas actividades da IAC, e a forma como a Iniciativa da Auditoria Cidadã deve levar a cabo as suas actividades e informar dos seus resultados.

Não obstante a jornada ter durado mais uma hora do que o previsto, em grande parte devido à duração do filme, os participantes mantiveram sempre elevado grau de interesse e participação.

Recolhemos algumas ideias para realizações futuras: sessões de formação ou do tipo de informação/divulgação.

Os materiais distribuídos foram bem recebidos e valorizados.

Haverá que melhorar a documentação de suporte, a recolha de imagens e de conteúdos das exposições, pelo que será necessário preparar também os aspectos de divulgação da realização.

Há que salientar o excelente trabalho feito pelo CIDAC de preparação da sessão e de apoio logístico durante toda a jornada.

Foi uma boa realização, mas ainda há espaço para melhorar no futuro.