Share |

Títulos de dívida (Pública)

São instrumentos financeiros que representam uma obrigação de um devedor perante um credor. Podem ser emitidos pelos estados (e também por empresas) para se financiarem junto dos mercados. Quando um agente compra um título financeiro, está a emprestar dinheiro ao emitente. Esse valor ser-lhe-á devolvido, consoante as características do título, até ao final do seu período de vigência. Em Portugal, os títulos de dívida pública são inteiramente pagos (amortizados) ao devedor no final desse período, isto é, no seu prazo de maturidade.

Os títulos de dívida têm juros associados que podem ser pagos periodicamente, ao longo do período de vigência do título, ou de uma só vez, através da diferença entre o preço inicialmente pago pelo título e o valor a receber no prazo de maturidade.

Alguns títulos de divida são transacionáveis nos mercados financeiros. Isto quer dizer que podem ser comprados e vendidos livremente, transferindo-se o direito a receber os juros e as amortizações para o novo comprador.

Em Portugal, os principais títulos de Dívida Pública são as Obrigações do Tesouro, os Bilhetes do Tesouro, os Certificados de Aforro e os Certificados do Tesouro.