Share |

Simulador da Dívida

Novo Cenário
 
2013
2014
2015
Período
2016-2019
Saldo Primário
Taxa de Juro Nominal
Taxa Real de Crescimento Económico
Cenário Base (sexta revisão do memorando)
 
2013
2014
2015
Período
2016-2019
Saldo Primário
 
 
 
 
Taxa de Juro Nominal
 
 
 
 
Taxa Real de Crescimento Económico
 
 
 
 
 
  • Utilização:
    • Este simulador tem por base as previsões da sexta revisão do FMI do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) de Portugal. As principais previsões da troika são sintetizadas naquilo a que o FMI chama "cenário base" (ou baseline) que está fixo no gráfico e pode usado como termo de comparação com as previsões dos utilizadores
    • O Simulador apresenta 3 variáveis determinantes da evolução da dívida.Os utilizadores podem introduzir as suas previsões para um ou mais anos e para uma ou mais variáveis ao mesmo tempo. Sempre que um valor não esteja preenchido, o simulador considerará a previsão da troika correspondente.
  • Variáveis a alterar:
    • Saldo Orçamental Primário: diferença entre as receitas do estado e as suas despesas sem considerar as despesas em juros. Um saldo orçamental primário negativo implica a existência de défice primário. Se este saldo for positivo há excedente, ou seja, as receitas são superiores às despesas (sem considerar os juros).
    • Taxa de Juro Nominal - é a taxa de juro média, não descontada da inflação, obtida para o financiamento público em mercado primário (isto é na altura da venda de instrumentos de dívida pelo estado aos agentes financeiros, habitualmente por leilão). Não deve ser confundida com as taxas dos mercados secundários, que variam diariamente. Essas taxas refletem transações entre agentes financeiros mas não refletem o preço do financiamento global do estado (ver detalhes no relatório preliminar da IAC). Em cada ano, os juros a pagar são calculados pela aplicação da taxa de juro média anual nominal ao total da dívida do final do ano anterior.
    • A taxa real de crescimento económico é a taxa de variação do PIB nominal, deduzida da inflação. Este é o valor habitualmente utilizado na discussão pública e política.
  • Notas técnicas:
    • Entre 2013 e 2016 a simulação mantém sempre todas as previsões da troika, exceto as que o utilizador alterar. As previsões da troika utilizadas como base do simulador abrangem variáveis que não são mencionadas como os valores de inflação ou impactos previstos de variações cambiais e que são mantidas nos váios cenários que os utilizadores criarem.
    • A baseline da Troika não apresenta dados para o período 2017-2019, estes anos são extrapolados no simulador.
    • Esta extapolação é feita pela manutenção dos valores de 2016 para todo o período entre 2017 e 2019, com excepção da rubrica prevista pela Troika para "variações resíduais" (que têm um impacto negativo na dívida de 0,8% do PIB em 2016). Consideramos que entre 2017 e 2019 estes valores residuais são nulos.